Abracorp elege novo presidente do Conselho de Administração

Abracorp elege novo presidente do Conselho de Administração

Abril / 2022



Abracorp elege novo presidente do Conselho de Administração

 

Duda Vasconcellos foi eleito, nesta quinta-feira, o novo presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp). Em Assembleia Ordinária e Extraordinária da entidade, Vasconcellos Neto, da agência Kontik, foi eleito por unanimidade para o biênio 2022 a 2024.

 

Fernando Slomp (Avipam) será o vice-presidente, tendo como conselheiros Marianno Santos (Riotravel), Siderley Santos (Maringa), Rubens Schwartzmann (Costabra), Marcelo Cohen (Belvitur) e Luis Vabo (Solid).

 

“Com alguns ajustes ocasionais, daremos continuidade a uma agenda que começou com Rubens”, disse Duda. Ele faz referência à estratégia na gestão que se encerra e teve a liderança de Rubens Schwartzmann, quando foram estabelecidas três grandes frentes de trabalho: Inteligência Mercadológica, com o aperfeiçoamento da ferramenta de Business Intelligence; Ampliação do Campo de Influência da Associação, com a diversificação de diálogos com stakeholders estratégicos, e Novos caminhos para o Setor, com o estudo de possíveis alternativas para o novo cenário pós-Covid.

 

A Assembleia Ordinária e Extraordinária Abracorp aconteceu no Hotel Park Inn Radisson Berrini, em São Paulo. Na abertura, Leonardo Rispoli, Vice-prseidente de marketing, vendas e tecnologia da AHI – Atlantica Hospitality International - falou sobre o mercado e suas expectativas.  Segundo ele “a recuperação está acontecendo mais rapidamente no segmento de lazer, impulsionada pelo preço do dólar e dificuldade de viagens ao exterior, somadas à enorme vontade das pessoas de viajar. No segmento corporativo, a expectativa do crescimento para 2022 está em torno de 80% do que era em 2019, com exceção de São Paulo, que tem observado, de maneira gradual, a retomada das viagens a negócios e para eventos como feiras e congressos, além de megaeventos como o Lollapalooza, o que mostra que as pessoas estão se sentindo mais seguras. Março já apresentou um maior volume de viajantes.”

 

"O mercado está passando por importantes transformações devido a pandemia. Neste momento de transição, vivemos desafios diários como a escassez de mão-de-obra para o setor e inflação mais alta. Isso sem falar na baixa produtividade operacional, em decorrência da burocracia e de novos protocolos que a pandemia trouxe para cada viagem que, juntos, requer mais atenção e trabalho de todos nós para manter a sustentabilidade do setor”, avalia Duda.